Solicitamos que só vejam àqueles que têm certeza que suportarão a horribilidade dos vídeos. Esperamos não receber e-mails de pessoas que viram e ficaram chocadas, portanto, na dúvida, não prossigam.